Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Posto Emissor #16: BLITZ convida Diogo Piçarra. Da mudança de fraldas ao lado negro da fama

Este é o Posto Emissor, todas as quintas-feiras na Blitz, no Expresso e nas principais plataformas de podcasts. Diogo Piçarra é o convidado da semana. Depois de ser pai e de se ver obrigado a adiar um concerto esgotado em Lisboa, o cantor algarvio fala-nos de cortes de cabelo em isolamento, o nascimento da filha e o lado mais negro da fama. Mark Lanegan, o nome da filha de Grimes e Elon Musk e o ponto de situação de concertos e festivais em Portugal são outros temas desta edição

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

O convidado do décimo sexto episódio do Posto Emissor é Diogo Piçarra. Depois de se ver obrigado a adiar um concerto esgotado na Altice Arena, em Lisboa, para setembro, devido à pandemia de Covid-19, e de ter sido pai pela primeira vez, o cantor falou com Mário Rui Vieira e Lia Pereira sobre a experiência de cortar o seu próprio cabelo, a nova tarefa intensiva de mudar fraldas e a decisão consciente de não falar sobre assuntos polémicos como política ou futebol.

O artista algarvio, grande fã dos Linkin Park, fala também sobre o lado mais negro da fama, as bocas que ouviu quando começou a andar de máscara de proteção na rua, aquando do nascimento da filha Penélope, e o rumor sobre um possível dueto com Anitta.

Além de um ponto da situação respeitante aos concertos e festivais em Portugal - a gravação do podcast decorreu antes de ser anunciado o cancelamento dos festivais de verão, esta tarde -, deixamos também no episódio desta semana do Posto Emissor duas sugestões de novos álbuns: "Straight Songs of Sorrow", de Mark Lanegan, e "Kid Krow", o disco de estreia de Conan Gray.

A condução deste Posto Emissor, gravado em condições especiais por forma a cumprir as recomendações das autoridades de saúde devido à covid-19, esteve a cargo de Mário Rui Vieira e contou com edição multimédia de Rúben Tiago Pereira.

Sejam bem-vindos.