Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Os 41 artistas que participariam na Eurovisão em 2020

Não há Eurovisão mas há “Eurovision: Europe Shine a Light”. E é já na próxima semana

Falta pouco mais de uma semana para o espetáculo que substituirá o festival da Eurovisão, cancelado este ano devido à pandemia de Covid-19. Os detalhes estão aqui

Depois de ter sido cancelada a edição deste ano do Festival Eurovisão da Canção, devido à pandemia de Covid-19, a organização anunciou a realização do espetáculo "Eurovision: Europe Shine a Light no dia em que decorreria a final do concurso europeu de canções, 16 de maio.

O evento decorre a partir das 21h portuguesas e tem como intuito "honrar as canções e os artistas que iriam participar, em competição, no Festival Eurovisão da Canção 2020", sendo também prometidas "muitas outras surpresas".

Numa atuação conjunta, os artistas que concorreriam no festival interpretarão, cada um a partir do seu país, uma versão de 'Love Shine a Light', canção de Katrina and The Waves que venceu a Eurovisão em 1997.

Portugal vai também marcar presença no espetáculo com o tema 'Medo de Sentir', com o qual Elisa venceu o Festival da Canção, garante o comunicado divulgado hoje pela RTP, que exibirá o espetáculo.

É um espetáculo "não competitivo, sem votações, que pretende promover a união entre nações". Além de celebrar os intérpretes selecionados em 2020, o evento estenderá uma homenagem a artistas que "nos últimos anos marcaram a história da Eurovisão com as suas músicas e atuações".

O evento acontece em Hilversum, nos Países Baixos - recorde-se que a edição de 2020 da Eurovisão decorreria em Roterdão - e terá a duração de duas horas, sendo apresentado pelos holandeses Chantal Janzen, Edsilia Rombley e Jan Smit com a participação especial do apresentador britânico Graham Norton.

Esta é a primeira vez, em 64 anos de existência, que uma edição da Eurovisão é cancelada.