Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Metallica em 1996

Getty Images

Houve uma altura em que os Metallica soavam aos Nickelback. Uma opinião polémica (ou nem tanto)

Uma comparação pouco comum entre Metallica e Nickelback. Será que James Hetfield e companhia vão gostar?

O vocalista dos All That Remains, Phil Labonte, deu uma entrevista ao podcast "Breaking the Ice", onde fez uma comparação pouco improvável entre os Metallica e os Nickelback.

Segundo o vocalista, os Metallica da era "Load" e "Reload" tinham uma sonoridade bastante próxima da da banda rock canadiana. "Se ouvirem os discos dos Nickelback e o 'Load' e o 'Reload'... qualquer uma das canções dos Nickelback caberiam nesses discos, e vice-versa", explicou.

Labonte salientou ainda que tal opinião não é, de todo, uma crítica a uma ou outra banda. "Em termos sonoros, esses discos estão muito, muito próximos. Os tons, o bombo, o som da bateria... E, à altura, ocupavam o topo no que à produção diz respeito".

"Não há discos que soem melhor do que os discos que saíram nessa altura. E as canções são muito bem feitas. Dizer isto não é criticar o 'Load', o 'Reload' ou os Nickelback", continuou.

O vocalista acrescentou ainda que as semelhanças são tantas que as duas bandas poderiam, até, trocar de vocalista. E deixou uma dica: "Os Nickelback podiam tocar a 'Fuel' em qualquer um dos seus álbuns, que as pessoas iriam adorar", disse.

Mais tarde, Labonte foi forçado a "defender-se" no Twitter, respondendo a um fã que lhe disse que "Load" e "Reload" são os piores álbuns dos Metallica: "Isso é o 'St. Anger'. Aquela tarola...", escreveu.