Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Morreu Tony Allen, baterista de Fela Kuti e lenda do afrobeat

O influente músico nigeriano faleceu em França esta quinta-feira. Nos últimos 15 anos colaborou em vários projetos de Damon Albarn, dos Blur

Morreu o baterista nigeriano Tony Allen, um dos pioneiros do afrobeat e antigo membro da banda de Fela Kuti.

Allen tinha 79 anos e faleceu esta quinta-feira no Hospital Europeu Georges Pompidou, em Paris, para onde foi transportado após sofrer um aneurisma da aorta abdominal.

A sua morte foi confirmada pelo seu manager, Eric Trosser, que afirmou à France24 que a mesma foi "inesperada", já que Allen se encontrava "em grande forma".

O músico era considerado como um dos mais influentes bateristas de todo o mundo, especialmente pelo seu trabalho nos Afrika '70, de Fela. Este chegaria mesmo a dizer que, sem o baterista, "não existiria o afrobeat".

Nos últimos anos, Tony Allen colaborou com diversos músicos dos campos do rock e da pop, como Charlotte Gainsbourg, Flea ou Damon Albarn. Fez, inclusive, parte do "supergrupo" The Good, The Bad & The Queen.

O baterista passou várias vezes por Portugal, tocando por três vezes no Festival Músicas do Mundo, em Sines: 2006, 2012 e 2016.