Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Estes são os filhos de Lars Ulrich dos Metallica. E tocam juntos

Quem sai aos seus: Myles e Layne Ulrich no baixo e bateria, tocando versões 'alternativas' de canções dos Beatles. Para ver aqui

Lars Ulrich esteve à conversa com Marc Benioff, diretor executivo da Salesforce, tendo mostrado um momento musical especial.

O baterista dos Metallica emprestou o "palco" aos seus dois filhos mais velhos, Myles e Layne, que tocaram juntos uma versão metálica de 'Eleanor Rigby', clássico dos Beatles.

Pouco antes, Layne interpretou uma versão de 'Blackbird', também dos Beatles, no baixo. O momento pode ser visto a partir do minuto 39:00:

Durante a conversa, Lars Ulrich falou dos planos dos Metallica para o futuro, abordando a digressão interrompida devido à pandemia da Covid-19.

"Espero que possamos viajar e tocar, juntar as pessoas nestes tempos duros através da música. Mas sabemos que há uma forte hipótese de nenhuma das datas [adiadas] vir a acontecer", desabafou.

"Juntar milhares de pessoas num concerto talvez não seja a melhor ideia, considerando a saúde e segurança de todos".

Quanto aos planos dos Metallica para se juntarem durante a quarentena, Ulrich não quis alimentar expetativas. "Talvez daqui a um mês ou dois haja a possibilidade de estarmos juntos, se as ordens para ficar em casa relaxarem", disse.

"Mas não te sei dizer se existirá um álbum dos Metallica composto durante a quarentena - porque não sei quanto tempo durará a quarentena. Mas se tanto eu, como tu, como o resto do mundo ainda aqui estivermos sentados dentro de seis meses ou um ano, diria que existe uma forte possibilidade".