Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Tiago Bettencourt

EXCLUSIVO: “Tiago na Toca”, o primeiro 'live' de Tiago Bettencourt na íntegra. Com versões de Bruce Springsteen e não só

Tiago Bettencourt lançou durante a quarentena a iniciativa “Tiago na Toca”. No primeiro concerto 'caseiro' ao vivo tocou versões de Bruce Springsteen, como 'Dancing in the Dark' e 'I'm on Fire', e alguns temas da sua carreira. Aconteceu na noite de 20 de abril, mas pode agora vê-lo por inteiro

Após quase dez anos do lançamento de “Tiago na Toca e os poetas”, Tiago Bettencourt recuperou o projeto, agora com novidades em forma de concertos ao vivo no Instagram.

O primeiro concerto aconteceu entre a 22h e as 22h40 de 20 de abril e nele o artista português homenageou Bruce Springsteen com versões à guitarra (e pontual harmónica) de 'I'm on Fire', 'Dancing in the Dark', e, ao piano, de 'Thunder Road'.

'Se Me Deixasses Ser', 'Se Cuidas de Mim', 'O Jogo' e 'Poema de Desamor' (com base no poema de Alexandre O'Neill) foram as canções de lavra própria interpretadas por Tiago Bettencourt ao longo de 40 minutos.

Para ver aqui:

Tiago Bettencourt anunciou o lançamento de um novo álbum. "2019 Rumo ao Eclipse" será editado brevemente e conterá 'Trégua', o seu último single.

Em comunicado de imprensa, o músico português referiu-se a este novo disco de forma enigmática, dizendo que "todos os [s]eus álbuns são um labirinto, este é só mais um".

O sucessor de "A Procura", de 2017, já tem também um pequeno teaser disponível no YouTube, acompanhado por um texto igualmente misterioso:

No ano de 2019 alguma vez sentiste que a tua vida te levou para sítios onde não querias ir? Sítios onde tudo à tua volta parecia um filme, um mau filme? E sentiste que nessa altura algo fez com que te separasses de ti? Para não teres de ser mesmo tu a entidade presente nesse mundo estranho? E que para viver a tua vida deixaste um outro, enquanto tu embarcaste numa viagem livre e leve que terminaria apenas depois de um magnífico eclipse que voltasse a arrumar o mundo.