Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

LUIS ACOSTA

Dezenas de festivaleiros estão retidos num festival de música há quase um mês e meio

Tribal Gathering, no Panamá, terminou a 15 de março, mas foi 'apanhado' pela pandemia do novo coronavírus. Festivaleiros ainda permanecem no local

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Alguns dos festivaleiros que ficaram retidos no recinto do festival Tribal Gathering, no Panamá, ainda se encontram no local, mês e meio depois do fim do evento.

Os festivaleiros ficaram "presos" no local quando o Panamá instaurou medidas de combate à covid-19, nomeadamente impedindo a circulação de pessoas e apelando ao seu isolamento.

Nos primeiros dias, alguns espectadores e funcionários conseguiram apanhar voos e sair do país, mas dezenas permanecem no local. As suas probabilidades de conseguirem voltar para casa em breve são agora muito diminutas, uma vez que o tráfego aéreo está proibido, no Panamá, até 22 de maio.

Ao jornal The Guardian, um voluntário britânico explica que a embaixada do Reino Unido no Panamá chegou a oferecer-se para disponibilizar transporte de autocarro para a Cidade do Panamá mas, como não havia garantia de que os festivaleiros conseguissem voo, muitos preferiram ficar na praia.

Inicialmente as condições eram boas, mas mais tarde choveu durante dias e os esgotos entupiram, revelam as mesmas fontes, queixando-se da burocracia das autoridades do Panamá e do Reino Unido, de onde são naturais muitos espectadores e funcionários.

A experiência é contada num documentário da Vice. Veja aqui.