Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Benjamim em 2019

Vera Marmelo

“Temos telemóveis com net e fomos ao espaço, mas vem um vírus de um morcego e estamos todos enfiados em casa”. Benjamim no Posto Emissor

A nossa tecnologia “não é maior que a natureza”, alerta Benjamim, considerando que a crise da covid-19 pode ser “um prelúdio” do agravamento dos efeitos do aquecimento global

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Convidado do Posto Emissor, podcast semanal da BLITZ, Benjamim falou sobre o regresso aos concertos, quando forem levantadas as restrições impostas pela covid-19.

"A partir do momento que se declare que é seguro ir a salas de concertos, as pessoas estão loucas por ir. Têm medo agora, enquanto não houver uma solução. Nós [músicos] também temos de sentir que é seguro", afirma o artista, que este ano lançará o sucessor do bem recebido "1986".

"A grande questão desta pandemia é que é o grande embate do capitalismo, do homem, com a natureza. O homem achava que era invencível, porque já temos telemóveis com câmara e internet e já fomos ao espaço, mas vem um vírus de um morcego e estamos todos enfiados em casa", aponta.

"E espero que seja também um bom prelúdio para o problema iminente, e que é mais grave que o coronavírus, que é o aquecimento global", diz Benjamim.

Pode ouvir aqui o Posto Emissor com Benjamim. Esta resposta começa pelos 30 minutos.