Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Mr. Gallini

“Música da Casa”: concertos pagos de bandas portuguesas em streaming

Já há três nomes confirmados nesta iniciativa criada por fãs de música para promover concertos pagos através de uma mensalidade

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Música da Casa é o nome da inicitiva criada por fãs de música para promover concertos pagos.

Em comunicado de imprensa, pode ler-se: "Não que estivessem fartos de ver concertos à borla nas redes sociais, mas por acharem que essa situação não é sustentável para os músicos, nem valoriza a arte. E se os músicos não puderem/conseguirem sobreviver na sua profissão, são os fãs de música quem mais perde".

"Nos tempos mais próximos, os concertos serão essencialmente online, em streaming, mas o seu objectivo é organizar concertos ao vivo, quando estiverem reunidas todas as condições legais e de saúde pública, segundo as normas de restrição provocadas pela pandemia COVID-19, que permitam a realização dos mesmos", acrescenta-se ainda.

Quem quiser aderir, deverá visitar a página no Facebook ou no Patreon; a partir de 5 euros mais IVA, poderá assistir a 2 a 4 concertos online por mês.

"Quando os concertos forem ao vivo, a mensalidade garante também acesso a [esses] concertos", informa-se em comunicado.

Os primeiros concertos confirmados nesta iniciativa sem fins lucrativos são os dos portugueses Fast Eddie Nelson (24 de abril, às 18h30), Mr. Gallini (25 de abril, às 21h30) e Tape Junk (30 de abril, às 18h30).