Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Toni Cornell, no estúdio do seu pai, Chris Cornell

“Adoro-te, papá”. A comovente versão que a filha de Chris Cornell fez de 'Hunger Strike'

Toni Cornell fez uma versão da canção dos Temple of the Dog, para ajudar a angariar verbas para a luta contra a covid-19

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Toni Cornell, filha de Chris Cornell, fez uma versão de 'Hunger Strike', canção bem conhecida do supergrupo Temple of the Dog, que no início dos anos 90 juntou músicos dos Soundgarden e dos Pearl Jam.

No estúdio do seu malogrado pai, a jovem de 15 anos tocou à guitarra acústica o tema de 1991.

"Estou aqui no estúdio do meu pai, nesta altura tão maluca, e vou cantar uma das minhas canções favoritas. Adoro-te, papá, e espero fazer jus [à canção]".

Veja aqui a versão de Toni Cornell para 'Hunger Strike', originalmente cantada por Chris Cornell e Eddie Vedder.