Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Morreu o saxofonista Lee Konitz, colaborador de Miles Davis, vítima do novo coronavírus

O músico era o último sobrevivente entre os instrumentistas que tocaram com Miles Davis no clássico “Birth of Cool”

Morreu o saxofonista Lee Konitz, aos 92 anos, vítima do novo coronavírus. Tinha 93 anos.

A notícia da sua morte foi confirmada pelo seu filho, à rádio pública norte-americana (NPR), esta quarta-feira.

Ao longo de uma carreira com mais de 70 anos, Lee Konitz lançou dezenas de álbuns de estúdio, mas para a história ficam sobretudo as suas colaborações com nomes grandes do jazz como Lennie Tristano, Chick Corea, Charles Mingus, Max Roach, Bill Evans ou Miles Davis.

Foi com este último que gravou, entre 1949 e 1950, o clássico "Birth of the Cool", editado em 1957 e considerado por muitos como um dos mais importantes álbuns de jazz de sempre. Era, aliás, o último sobrevivente entre os instrumentistas que acompanharam Davis nessas gravações.