Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Ana Moura

Ana Moura, Pedro Abrunhosa e Conan Osiris em festival no Instagram que comemora o 105º aniversário do Theatro Circo de Braga

“Um teatro cabe sempre dentro de uma casa, e no dia 21 de abril decidimos que cada uma das vossas casas será um Theatro Circo”, comunica a sala de espetáculos bracarense. Conheça todos os nomes que irão atuar

O Theatro Circo, em Braga, vai assinalar o 105.º aniversário com uma série de mais de 20 atuações, de música, poesia e dança, por nomes como Ana Moura, Conan Osiris, Pedro Abrunhosa e Selma Uamusse, transmitidas através da Internet.

Em comunicado, o Theatro Circo revelou que o aniversário da sala, no dia 21 de abril, se vai celebrar através de diretos nas páginas de Instagram dos artistas envolvidos, devido à impossibilidade de a comemoração se fazer no palco, em consequência das medidas de prevenção da doença covid-19.

Em declarações à Lusa, o diretor artístico do Theatro, Paulo Brandão, afirmou que, uma vez que o programa "normal", já definido com múltiplas atividades, não foi possível, quiseram "adaptar e marcar o aniversário virtualmente com vários convidados", em particular "procurando aqueles que ainda não tivessem feito estes 'lives' no Instagram ou no Facebook e também sugerindo aos artistas que fizessem algo diferente".

A partir das 13:00, o Theatro Circo dá início à festa do 105.º aniversário, com a 'performance' de dança de Duarte Valadares, seguindo-se Mara Andrade e o concerto da cantora Tainá.

Pela tarde e noite dentro, através do Instagram dos vários artistas vai poder assistir-se a atuações de Mr. Gallini, Jorge Coelho, Carne Doce, Valter Hugo Mãe, Joana Gama, Adolfo Luxúria Canibal, Luís Figueiredo, António Durães, La Baq, Cachupa Psicadélica, André Henriques, Angélica Salvi, Márcia, Cristina Branco, Ana Moura, Rita Redshoes, Selma Uamusse, Pedro Abrunhosa, Conan Osiris e Doll Maron.

"Um teatro cabe sempre dentro de uma casa, e, no dia 21 de abril, decidimos que cada uma das vossas casas será um Theatro Circo em plena magia na divisão que melhor se sentirem: na cozinha, na sala ou nos quartos. Vale tudo. A cultura e a arte são um bem essencial à nossa existência, e isso tem-se comprovado durante os dias que correm, por isso preparamos um dia repleto de música, poesia e dança", indicou a sala em comunicado.

Paulo Brandão realçou que todos os artistas que decidiram convidar aceitaram e salientou que, em alguns casos, as atuações vão consistir em surpresas, como será o caso de Valter Hugo Mãe.

"A ideia foi criar uma programação apelativa e é verdade que no fundo estamos a servir-nos dos diferentes palcos, que são as casas das pessoas ou onde estão de quarentena", afirmou Paulo Brandão.

O diretor artístico do Theatro Circo, Paulo Brandão, admitiu que o retomar das atividades como aconteciam antes da pandemia da covid-19 pode demorar entre um a dois anos, sendo a segurança de todos o principal valor.