Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

“A minha mulher esteve realmente mal. O vírus atacou completamente os seus pulmões” Marido de Pink expõe o embate da família com a covid-19

O piloto Carey Hart contou a sua versão da difícil experiência da mulher, Pink, e dos dois filhos com o novo coronavírus

Carey Hart, marido de Pink, concedeu uma entrevista ao programa "The Jason Ellis Show" da rádio SiriusXM, onde falou da luta da mulher e do filho contra a Covid-19.

O piloto de motocross explicou que as últimas semanas da família foram "intensas", e que tanto Pink como Jameson, de 3 anos, "ficaram extremamente doentes".

"O meu filho foi quem ficou pior, entre os dois, mas a minha mulher esteve realmente mal. O vírus atacou completamente os seus pulmões", disse, ressalvando que Pink, por ser asmática, corria um maior risco de contrair o vírus.

Já Jameson teve que lutar contra febres altas durante dias: "andou pelos 38, 39 graus de febre durante quase três semanas", explicou Carey. "Andava a tomar cinco banhos por dia, para tentar baixar a temperatura. E a Alecia [Moore, nome de batismo de Pink] estava a ficar cada vez pior".

A família decidiu então isolar-se na sua casa em Los Angeles, de forma a ficar mais perto do pediatra de Jameson e do médico de Pink, "assim que os seus sintomas começaram a desaparecer".

Também Pink falou sobre a experiência, reagindo a críticas ter tido acesso a um teste de despiste quando grande parte das pessoas não consegue ser testada nos Estados Unidos.

"Tivemos acesso a um teste e aproveitei essa oportunidade para me testar... Veio de volta uma semana depois, positivo", disse a artista numa entrevista recente, via Skype, a Ellen DeGeneres, "sabia que ia dar positivo. Penso que o teste é mesmo muito importante".

Falando sobre a polémica que criou ao conseguir testar-se em casa, Pink disse: "sei que é muito controverso eu ter tido acesso ao teste... E têm todo o direito de se sentirem zangados por eu poder ter acesso a um teste e vocês não, mas ficarem zangados comigo não vai ajudar nada, não vai resolver o facto de vocês não poderem ter acesso a um teste... Devíamos trabalhar juntos para tentar mudar isso".

A rematar, a cantora diz ainda: "se o vosso filho de três anos estivesse doente com Covid-19 e pudessem testá-lo não o faziam? Tretas! O sistema de saúde é uma fraude". Pink disse na mesma entrevista que a situação foi "a coisa mais assustadora por que passei em toda a minha vida".