Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Gisela João

Rita Carmo

“Quem nos vale são os empregados de supermercado ou do talho. A pandemia prova que todos são importantes na sociedade”, afirma Gisela João

A fadista Gisela João lembra que profissões muitas vezes “menosprezadas” assumem uma nova importância no contexto de confinamento social. Para ouvir no Posto Emissor

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Convidada do Posto Emissor desta semana, Gisela João falou sobre o impacto, social e também financeiro, da pandemia de covid-19.

"A única coisa boa [que poderá sair disto] é as pessoas passarem a pensar mais em coletivo em vez de só no seu umbigo", acredita a cantora, que em breve deverá lançar o seu terceiro disco, "AuRora".

"E isto vem provar que toda a gente é importante numa sociedade: irrita-me muito quando as pessoas menosprezam alguns postos de trabalho, nomeadamente empregado de balcão de supermercado. Muitas vezes fazem-se piadas com isso: 'não estudes que vais para o supermercado trabalhar'. Olha, quem nos está a valer hoje são essas pessoas. Eu passo a vida a dizer que não é vergonha nenhuma as pessoas trabalharem no talho, por exemplo. Quem é que nos está a valer agora?", insiste.

Pode ouvir o Posto Emissor com Gisela João aqui. Esta resposta começa pelos 17 minutos.