Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Estrela da K-pop fez partida de 1 de abril sobre o coronavírus. Era um desastre à espera de acontecer

A internet não perdoou. Polícia da Coreia do Sul pode intervir

O cantor Jaejoong, membro do grupo K-Pop JYJ, está a ser fortemente criticado após ter afirmado estar infetado com o novo coronavírus, como partida do dia 1 de abril.

Escreve o jornal New York Times que a "revelação" do músico foi feita no Instagram, onde conta com 2 milhões de seguidores, que reagiram com choque à notícia. De imediato, vários websites e jornais anunciaram o caso.

Uma hora mais tarde, porém, Jaejoong admitiu que tudo se tratava de uma partida, transformando o choque em fúria. "Como podes brincar com isto quando a situação é tão séria?", questionou uma fã, que se afirmou "desapontada".

O músico acabou por apagar a sua conta naquela rede social, e poderá estar agora na mira da justiça sul-coreana.

Segundo o jornal Korea Herald, as autoridades do país afirmaram que toda e qualquer desinformação acerca do vírus seria punida enquanto violação de deveres oficiais e difamação.