Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

NOS Primavera Sound 2017

Rita Carmo

NOS Primavera Sound adiado para setembro

Esclarecimentos sobre a edição de 2020 por parte da organização do festival do Porto, que conhece novas datas devido à paralisação dos espetáculos ao vivo criada pela covid-19

O NOS Primavera Sound foi adiado para os dias 3, 4 e 5 de setembro, comunicou esta segunda-feira a organização do festival do Porto.

O festival estava agendado para os dias 11, 12 e 13 de junho, mas a situação de incerteza em torno do novo coronavírus levou ao seu adiamento.

Os bilhetes adquiridos são válidos para as novas datas, avança a Pic-Nic, organizadora da versão portuguesa do festival criado em Barcelona.

O festival afirma estar confiante de que este adiamento "afete o mínimo possível a programação do festival", não fornecendo detalhes sobre eventuais mudanças no cartaz.

Entre os nomes elencados para o festival do Porto, em junho, estavam Tyler, the Creator, Beck, FKA Twigs, Lana Del Rey, Bad Bunny, Pavement, King Krule, Kim Gordon, Dinosaur Jr, entre outros.

Este anúncio surge poucos dias depois de o congénere espanhol, de Barcelona, ter também anunciado o seu adiamento para o fim de agosto.

"O mundo tal como o conhecemos foi aos poucos tomando um novo rumo. Perante este cenário tão diferente e face às restrições impostas pelas autoridades à celebração de eventos públicos e à livre circulação de pessoas – em muitos casos dificultando a participação dos artistas anunciados –, vemo-nos forçados a adiar a próxima edição do NOS Primavera Sound, por motivos de força maior, em plena coordenação com a Câmara Municipal do Porto, que se tem suplantado para nos apoiar", pode ler-se no comunicado do festival publicado na sua página oficial.

"Sentimo-nos na obrigação e responsabilidade de contribuir o melhor possível para a sobrevivência da indústria dos espetáculos ao vivo, cujo papel será crucial para regressarmos à normalidade depois desta situação inédita", continua o esclarecimento do festival do Parque da Cidade do Porto.

Os bilhetes comprados, alerta-se, transitam para as novas datas, mas a venda dos mesmos estará suspensa enquanto durar o estado de emergência "e todas as suas prorrogações", findo o qual serão veiculadas novas informações, comunica o festival.