Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Dave Grohl confessa: o "ódio" que recebeu dos fãs de Nirvana só o ajudou

Quando formou os Foo Fighters, Dave Grohl foi fortemente criticado por muitos fãs de Nirvana

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Dave Grohl afirmou, em entrevista à revista Mojo, que o ódio que recebeu dos fãs de Nirvana, quando criou os Foo Fighters, só serviu como motivação.

"Eles diziam: 'como te atreves a ter outra banda? A tua música é uma porcaria e os Nirvana eram uma banda a sério e a tua não é!'", recorda o antigo baterista dos Nirvana.

"E eu ficava: 'acham mesmo que isso me vai parar? Só me dá mais vontade de o fazer. Quero lá saber'".

Porém, Dave Grohl admite que o facto de ter integrado os Nirvana lhe deu uma "vantagem competitiva".

"Nunca tive medo de dizer que, se não tivessem sido os Nirvana, os Foo Fighters nunca estariam na posição em que estão", admite.

Os Foo Fighters concluíram a gravação do seu décimo álbum, que deverá sair ainda este ano.