Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Tom Morello

Getty Images

Gripezinha? Tom Morello dos Rage Against the Machine chama “louco” a Bolsonaro

O guitarrista dos Rage Against the Machine criticou severamente o presidente brasileiro nas redes sociais

Tom Morello, guitarrista dos Rage Against the Machine, apelidou o presidente brasileiro Jair Bolsonaro de "louco" e desabafou que "o mundo é comandado pelas piores pessoas" num post no Twitter. Recorde-se que já no ano passado o músico se tinha referido ao presidente do Brasil como "um fascista populista de direita".

O músico norte-americano partilhou junto com a sua publicação um artigo do jornalista Glenn Greenwald, americano a viver no Brasil, no qual se leem críticas ferozes à forma como Bolsonaro falou recentemente sobre o novo coronavírus.

Numa das últimas comunicações ao país, Bolsonaro condenou o encerramento de escolas, comparou a Covid-19 a uma "gripezinha", disse que os media estavam histéricos com a pandemia e pediu às pessoas para se deixarem de isolamento social e voltarem à sua vida normal, alegando que o Brasil não é como a Itália.