Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Guns N' Roses dão concerto em pleno surto de Covid-19

Numa altura em que os cancelamentos de grandes artistas se sucedem e as recomendações de auto-isolamento se impõem, os Guns N' Roses deram um concerto no México

Numa altura em que os maiores nomes da música estão a cancelar e adiar digressões por causa de preocupações em torno do novo coronavírus, os Guns N' Roses continuam a dar concertos.

No sábado, a banda de Axl Rose encabeçou o festival Vive Latino, na Cidade do México, um evento que se manteve agendado porque, de acordo com a Billboard, a suspensão de grandes espetáculos no México não é necessária. "As autoridades dizem-nos que estamos na primeira fase da epidemia", justificam os organizadores, citados pela publicação norte-americana. Apesar disso, vários nomes previstos para o festival cancelaram a sua presença. Os Guns N' Roses deram um concerto de 22 canções, tendo tocado pela primeira vez em 27 anos a canção 'So Fine'.

A banda viu adiado um concerto na Costa Rica, este domingo, mas pretende atuar nos países onde não foram decretadas limitações a aglomerações de pessoas, como o Equador, Peru, Guatemala e República Dominicana. O concerto em Portugal mantém-se marcado para 20 de maio, no Passeio Marítimo de Algés.