Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Dara Munnis

Banda irlandesa Coronas lamenta o seu nome e sugere digressão com os Vaccines

"Temos um nome tão infeliz"

A banda rock irlandesa The Coronas falou ao NME sobre a "infelicidade" do seu nome, numa altura em que o mundo atravessa uma crise provocada pelo novo coronavírus.

Os Coronas encontram-se no Dubai, em digressão, uma situação que se tornou "surreal". "Estão a ter cuidados diferentes, no aeroporto e no nosso hotel", explicou o vocalista Danny O'Reilly.

"Muitos concertos grandes foram cancelados, mas os nossos são em salas mais pequenas, com 600 ou 700 pessoas. Na Irlanda, a situação está noutro nível".

"Receamos que fechem o país e que não consigamos voltar para casa", continuou. "Esperamos poder voltar na segunda-feira. Ninguém sabe ou consegue prever o que está a acontecer. Vivemos dia a dia".

"Temos um nome tão infeliz. É todo um outro grau de bizarria", rematou.

A banda, que irá editar um novo álbum em maio, deverá ainda cancelar a sua próxima digressão, em território norte-americano. Apesar de tudo, os Coronas não planeiam mudar de nome:

"Nem pensámos nisso. Já temos cinco álbuns na carreira e esta doença é nova. Se fôssemos uma banda nova, diria que sim, claro que o alterava".

O'Reilly e os demais Coronas não deixaram, no entanto, que o pânico pusesse um travão ao humor. "Alguém nos disse que devíamos fazer uma digressão com os Vaccines", afirmou.

"Os memes surgiram logo quando isto tudo começou, e queríamos gozar um bocado connosco, mas há gente a morrer e muitas outras pessoas em risco. É difícil".