Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

A histórica banda Exploited recusa cancelar digressão por causa do coronavírus. "Não somos os Green Day"

Há 5 anos, o vocalista da banda punk, Wattie Buchan, sofreu um enfarte durante um concerto em Portugal

Os Exploited, histórica banda punk britânica, recusam-se a adiar a sua nova digressão por causa do novo coronavírus.

Num post publicado pela promotora de concertos DRW Entertainment, citado pela Billboard, o vocalista Wattie Buchan justificou a sua decisão: "Que se lixe o coronavírus. Já tive cinco ataques cardíacos, já me instalaram um pacemaker", disse.

"Cancelar concertos por causa de um vírus? Não somos os Green Day. Somos uma banda a sério. Por perigo algum iremos cancelar os nossos próximos concertos. O punk não está morto". O post foi entretanto retirado.

Recorde-se que em em 2014 Buchan sofreu um enfarte durante um concerto na República da Música, em Lisboa, o que o levou a ser internado no Hospital de Santa Marta.

Os Exploited, que se encontram a celebrar os seus 40 anos de carreira, têm a agenda preenchida até ao dia 29 de março. Neste momento, encontram-se em tour pela Austrália e Nova Zelândia, regressando aos concertos na Europa a 2 de maio. Há dez horas a banda dizia-se a caminho de um concerto: