Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

“A saúde e a segurança são mais importantes”. Rage Against the Machine cancelam 21 concertos da reunião

Reunião da banda norte-americana fortemente afetada pela incerteza em torno do Covid-19

Os Rage Against the Machine adiaram as primeiras datas da sua digressão de reunião, devido ao novo coronavírus.

A banda norte-americana iria regressar aos palcos no dia 26 de março e andar na estrada até 20 de maio, na companhia dos Run the Jewels, mas esses concertos - 21, no total - ficaram sem efeito.

"A saúde e a segurança das pessoas que vão aos nossos concertos é mais importante", afirmaram, em comunicado.

O primeiro concerto da reunião dos Rage Against the Machine iria ter ligar em El Paso, no estado do Texas. A 10 e a 17 de abril, a banda iria apresentar-se no festival de Coachella, que foi adiado para outubro.

Os bilhetes entretanto adquiridos serão válidos para as novas datas. Se não existirem novos adiamentos, os Rage Against the Machine irão dar o seu primeiro concerto em dez anos no festival Boston Calling, a 23 de maio.