Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Kurt Cobain tinha medo que a canção 'Come As You Are' lhe valesse acusações de plágio

Uma das canções de maior sucesso dos Nirvana é muito semelhante a um tema de outra banda e Kurt Cobain sabia disso

O instrumental de 'Come as You Are', uma das canções mais conhecidas e de maior sucesso dos Nirvana, era muito semelhante a 'Eighties', tema de 1984 dos Killing Joke, e Kurt Cobain tinha medo de ser acusado de plágio. A canção tornou-se o segundo single de "Nevermind", segundo álbum da banda norte-americana, editado em 1991, sucedendo a 'Smells Like Teen Spirit', mas o cantor, a banda e mesmo a equipa de management estavam muito resistentes à ideia.

Segundo informações recolhidas pela revista Kerrang!, o segundo single poderia ter sido 'In Bloom', mas Danny Goldberg, responsável pela Gold Mountain, empresa que tratava do agenciamento dos Nirvana, achou que 'Come As You Are' era a melhor aposta. "O Kurt estava nervoso com 'Come As You Are' porque era demasiado semelhante a uma canção dos Killing Joke", diz Goldberg no livro "Eyewitness Nirvana: The Day-By-Day Chronicle', "mas todos nós achámos que era a melhor canção para avançar como single".

Apesar de a escolha ter mesmo recaído sobre 'Come As You Are' ('In Bloom' tornar-se-ia o quarto single de "Nevermind", depois ainda de 'Lithium'), os Killing Joke acabaram por se queixar das semelhanças, apesar de não terem chegado a avançar com um processo judicial. Ouça abaixo as duas canções e encontre as diferenças.