Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Rita Carmo

Coronavírus: concertos na Altice Arena, em Lisboa, continuam agendados

Tony Carreira e Diogo Piçarra têm concertos marcados para a maior sala do país este mês. Comunicação da Altice Arena não tem indicação de que a sua realização esteja posta em causa, mas garante que seguirá as indicações da Direção-Geral da Saúde

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Os concertos agendados para as próximas semanas na Altice Arena, em Lisboa, nomeadamente os de Tony Carreira, a 14 de março, e o de Diogo Piçarra, a 28 de março, continuam agendados, confirmou à BLITZ Daniel Vaz, responsável pela comunicação da arena lisboeta.

Sobre os possíveis efeitos do coronavírus na realização destes espetáculos, que deverão levar até à maior sala de espetáculos do país milhares de espectadores, o mesmo responsável garantiu não ter recebido qualquer indicação, por parte dos promotores dos concertos, de que os mesmos venham a ser cancelados ou adiados.

Não houve cancelamento de qualquer concerto até ao momento na Altice Arena. Além disso, a Altice Arena tem conhecimento das recomendações da Direção-Geral de Saúde, que estão incorporadas no nosso plano de contingência. Não está recomendada, e consequentemente prevista, qualquer limitação à Altice Arena. Qualquer situação referente a eventos será avaliada conjuntamente com o promotor do evento e autoridades competentes”, afirma.

Igualmente contactadas pela BLITZ, a editora Universal e a agência Regi-concertos, que produzem os concertos de Diogo Piçarra e Tony Carreira, respetivamente, afirmaram “não ter indicação” de um eventual cancelamento.

Os bilhetes para o concerto de Tony Carreira - “um artista emblemático, que enche sempre”, referiu Daniel Vaz - já esgotaram. Para o concerto de Diogo Piçarra ainda há bilhetes à venda.

Recorde-se que, no domingo, a Direção-Geral de Saúde anunciou a suspensão de atividades em todos os estabelecimentos de lazer ou culturais nos concelhos de Lousada e Felgueiras, no distrito do Porto.

A nível internacional, foram já cancelados, devido ao coronavírus, os festivais Tomorrowland, em França, Ultra Music Festival, nos Estados Unidos, e South by Southwest, também nos Estados Unidos.

Vários artistas, como Green Day, Slipknot, The National ou Avril Lavigne, cancelaram também, pelo mesmo motivo, as suas digressões pela Ásia.