Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Duffy afirma que foi "drogada, violada e mantida em cativeiro"

Revelações da cantora galesa. "Muita gente pergunta o que foi feito de mim e porque desapareci"

A cantora galesa Duffy, autora do êxito 'Mercy', de 2008, revelou nas redes sociais ter sido "drogada, violada e mantida em cativeiro".

"Não conseguem imaginar a quantidade de vezes que pensei em escrever isto", afirmou, no Instagram. "Não sei porque é que esta é a altura certa, e porque é que falar sobre isto é entusiasmante e libertador".

"Muitos de vós têm questionado o que me aconteceu, porque é que desapareci e porquê", continuou, em referência ao facto de não editar música nova desde o álbum "Endlessly", de 2010. "Houve um jornalista que me contactou, e eu contei-lhe tudo no último verão. Foi simpático, e foi incrível poder finalmente falar".

A verdade é que - confiem em mim, estou bem e segura - fui drogada, violada e mantida em cativeiro. Claro que sobrevivi. A recuperação levou o seu tempo. Não há forma fácil de o dizer".

"Mas posso dizer-vos que, ao longo da última década, comprometi-me a sentir a luz do sol novamente no meu coração. Perguntam porque não usei a minha voz para expressar a minha dor? Não quis mostrar ao mundo a tristeza nos meus olhos".

Prometendo a publicação de uma entrevista "nas próximas semanas", Duffy pediu ainda "respeito" e para que se evite "uma invasão da [sua] família". "Apoiem-me de forma a tornar esta experiência positiva", rematou.

Leia a publicação de Duffy, na íntegra: