Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

O dia em que Kurt Cobain ‘estragou’ o concerto dos Nirvana na Argentina para vingar a banda da primeira parte

A banda da primeira parte saiu de palco a chorar e Kurt Cobain decidiu castigar os argentinos

Em outubro de 1992, os Nirvana deram o seu único concerto na Argentina, acompanhados pela banda punk Calamity Jane, formada apenas por mulheres.

As Calamity Jane, de Portland, não foram bem acolhidas pelo público de Buenos Aires, que vaiou e atirou objetos para o palco durante o espetáculo. A banda acabaria por sair de cena a chorar.

A atitude dos argentinos não foi bem recebida por Kurt Cobain, que decidiu vingar-se das atitudes sexistas do público, tocando um alinhamento baseado sobretudo em "Incesticide", compilação de lados B e raridades dos Nirvana. Antes, teve mesmo de ser convencido pelo baixista Krist Novoselic a levar por diante o espetáculo, que esteve na iminência de ser cancelado.

No livro "Nirvana: The Chosen Rejects", pode ler-se um excerto de uma entrevista a Kurt Cobain, recordando esse episódio: "Antes de cada música, eu tocava a introdução de ‘Smells Like Teen Spirit’ e parava. O público não percebeu que protestávamos com o que tinha sucedido. (...) Todo o alinhamento foi das melhores experiências que eu já tive".

Nesse concerto, o músico - que faria esta semana 53 anos de idade - deu uma roupagem mais cómica a 'Come As You Are', assumindo a atitude de 'sabotagem'. Veja aqui: