Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Como os Rage Against the Machine querem vencer a venda de bilhetes “predatória”

Contra os especuladores, de punho erguido

Os Rage Against the Machine (RAtM) anunciaram um plano para combater os "candongueiros" que possam vir a aproveitar-se da nova digressão de reunião da banda, que se inicia em março.

Os bilhetes para os concertos dos RAtM foram colocados à venda na passada quinta-feira, mas as lotações não irão esgotar rapidamente: a banda irá reservar 10% das mesmas, em cada um dos concertos.

Estes 10% serão posteriormente vendidos, sendo-lhes acrescentada uma taxa extra, cujo valor será entregue a instituições de caridade ou organizações ativistas.

Os RAtM comprometem-se, ainda, a "proteger os restantes 90% de práticas de venda predatórias". Os lucros obtidos com os três primeiros concertos da digressão (no Texas, Novo México e Arizona) reverterão, na íntegra, para efeitos de caridade.

O primeiro concerto desta nova digressão está marcado para o dia 26 de março, no Don Haskins Center, em El Paso.