Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Emma McIntyre

Espectador anónimo dos Grammys confundido com o avô de Billie Eilish

Terry George estava apenas a ocupar um lugar vazio

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Terry George, um empresário de Leeds, em Inglaterra, falou à imprensa sobre a sua experiência enquanto “ocupador de lugares” na recente cerimónia dos Grammys, em Los Angeles.

O britânico ganhou um sorteio para ocupar lugares vazios, ou seja, para se sentar num dos lugares deixados vagos pelos principais protagonistas da noite, quando os mesmos têm de subir ao palco ou ir à casa-de-banho.

Desconhecido do público, Terry George passou assim por avô de Billie Eilish, ao lado de quem se sentou.

“As pessoas estavam sempre a perguntar-me se era avô dela. E eu pensei: 'não sou assim tão velho'. Ou se calhar sou! Limitei-me a sorrir, foi engraçado”.

O “ocupador de lugar” acabou por se sentir contagiado pelo entusiasmo de Billie Eilish, que aos 18 anos arrebatou os quatro principais Grammys da noite.

“Não sei se a Billie estava esmagada pela emoção, mas tanto ela como o irmão agarraram a minha mão e apertaram-na quando desceram do palco. Às tantas a Billie olhou para mim e eu perguntei-lhe: 'o que vais fazer se ganhares o próximo?'. Ela estava muito ansiosa e disse: 'oh meu Deus, não sei o que vou fazer, não sei!'”.