Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Selena Gomez diz que Justin Bieber foi "emocionalmente abusivo" durante o namoro

É a primeira vez que Selena Gomez designa a sua relação com Justin Bieber como "abusiva"

Selena Gomez voltou a abrir o livro da sua relação com Justin Bieber, afirmando à rádio NPR que a mesma deixou marcas no seu estado de saúde mental.

A cantora começou por descrever 'Lose You to Love Me', tema presente no seu novo álbum, "rare", como uma canção sobre cultivar amor-próprio após o fim de uma relação.

A canção, explicou, "tem um significado diferente daquele que tinha quando a escrevi". "Senti que não tinha tido um final respeitoso. E tinha-o aceite, mas sabia que precisava de uma forma de poder dizer algumas coisas que gostava de ter dito".

"Não é uma canção de ódio", continuou, "é uma canção que diz 'tinha algo lindo, e nunca irei negar que o foi'. Foi muito difícil e estou feliz por ter acabado".

Questionada sobre se a sua relação com Bieber constituiu um período "doloroso" da sua vida, Selena Gomez respondeu que não, já que conseguiu "encontrar força" a partir dele.

"É perigoso manter uma mentalidade de vítima. Não estou a faltar ao respeito a ninguém, mas sinto que fui vítima de algum abuso", revelou.

"Um abuso emocional, que tive de tentar entender enquanto adulta. Tinha de entender as escolhas que estava a fazer. Não quero passar o resto da minha vida a falar disto, mas estou orgulhosa de poder dizer que me sinto com mais força do que alguma vez senti".

A relação entre Justin Bieber e Selena Gomez durou, de forma intermitente, durante alguns anos, culminando no internamento da cantora em 2014 devido ao que o website TMZ descreveu como um "vício" por Bieber.