Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Katarina Benzova

Guns N’ Roses querem processar superfã

Primeiro banido dos concertos dos Guns, agora na iminência de ser levado a tribunal: Rick Dunsford outra vez na mira da banda de Axl Rose

Os Guns N' Roses querem processar um dos seus maiores fãs, por este ter alegadamente partilhado canções inéditas da banda na internet, sem permissão.

O caso já tem alguns meses, e começou quando Tom Zutaut, antigo A&R de uma editora norte-americana, leiloou um armazém onde guardava gravações digitais dos Guns N' Roses feitas entre 2000 e 2001.

O armazém acabou por ser comprado por Rick Dunsford, que pagou 15 mil dólares (13 mil e 400 euros) pelo material. O management da banda teve conhecimento da venda, e comprou essas mesmas gravações a Dunsford.

Porém, um mês após as duas partes terem chegado a um acordo, as gravações foram disponibilizadas online. A Universal Music Group, que detém os direitos sobre a música dos Guns N' Roses, está a preparar um processo judicial contra este "superfã".

Recorde-se que Dunsford já havia despertado a fúria da banda de Axl Rose, tendo mesmo sido banido dos seus concertos. Neste caso em particular, diz-se inocente.

Os Guns N' Roses irão regressar a Portugal em 2020, para uma atuação no Passeio Marítimo de Algés, no dia 20 de maio.

  • Os Guns N' Roses vêm aí outra vez. Cinco milhões de pessoas não podem estar erradas

    Notícias

    Aterraram em Portugal em junho de 2017, a bordo de um avião privado, um ano depois de Axl Rose ter assumido o papel de vocalista dos AC/DC. O Passeio Marítimo de Algés é talismã: o regresso dos Guns N' Roses a Portugal está marcado para 20 de maio de 2020, e a notícia foi recebida com entusiasmo pelos fãs nacionais. Três anos depois, Axl, Slash, Duff e companheiros trarão consigo o aparato da terceira digressão mais rentável de sempre, vista por 5 milhões de pessoas. Recuperamos o artigo mais completo sobre os bastidores da reunião da “banda mais perigosa do mundo”