Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Billie Eilish está orgulhosa por ser comparada a Greta Thunberg

"Talvez os adultos comecem a ouvir-nos"

Billie Eilish deixou rasgados elogios a Greta Thunberg, pedindo ainda às gerações mais velhas um maior empenho na luta contra as alterações climáticas.

"Ela está a indicar o caminho", afirmou a autora de 'Bad Guy', em entrevista ao NME. "Está a fazer a cena dela e é para mim uma honra ser comparada a ela".

"Talvez os adultos e os mais velhos comecem a ouvir-nos, para que não morramos todos", continuou Billie. "Os mais velhos vão morrer e não se ralam se nós morremos, mas nós não queremos morrer já".

As comparações entre Billie Eilish e Greta Thunberg surgiram após a primeira ter atuado na cerimónia dos American Music Awards, em novembro, com uma t-shirt onde se podia ler "não há música num planeta morto".

Esse mesmo slogan foi adotado pelo coletivo Music Declares Emergency, composto por vários artistas, entre os quais os Radiohead, The xx, Massive Attack ou The 1975.

A banda de Matt Healy foi, entretanto, acusada de hipocrisia por defender o meio ambiente ao mesmo tempo que viaja constantemente de avião, nas suas digressões.

Argumentos que Billie não aceita: "Preferiam que nos calássemos e ninguém fizesse nada", disse. "Talvez eu esteja a fazer algo que não é tão perfeito quanto o que outra pessoa faz, mas há coisas que não posso mudar. É por causa dessas que quero espalhar a palavra até outras pessoas, fazer o mais que possa, e que os outros também o façam".