Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Instagram Juice WRLD

Juice WRLD era o alvo de uma apreensão de drogas e armas no momento em que morreu

Rapper sofreu ataque convulsivo enquanto o seu avião privado era revistado, avança o ‘New York Times’

O rapper Juice WRLD foi alvo de uma apreensão de drogas e de armas no mesmo dia em que morreu, noticia o New York Times.

Juice WRLD morreu à chegada do seu avião privado ao aeroporto Midway, em Chicago, na manhã de domingo, vítima de uma convulsão. Segundo o New York Times, as autoridades norte-americanas foram previamente alertadas para a presença de armas e drogas a bordo do avião, o que depois se veio a confirmar. Apesar de ainda não terem sido apuradas as causas de morte a polícia começa a juntar as peças: segundo o site TMZ, a equipa do rapper contou às autoridades que o artista tinha consumido "vários comprimidos" (que, noutra notícia posterior seriam identificados como Percocet, opioides) antes da convulsão que sofreu a bordo, numa altura em que já teria conhecimento de que as autoridades se encontravam à sua espera.

Um porta-voz da polícia de Chicago explicou ao New York Times que Juice WRLD começou a sofrer uma convulsão durante a operação policial, sendo transportado de imediato para um hospital local, onde acabou por falecer.

Para além de 32 quilos de marijuana, o avião transportava seis frascos de xarope para a tosse com codeína, duas pistolas de 9mm, outra de calibre .40 e respetivas munições. Dois membros da equipa do rapper foram acusados de posse de armas e munições proibidas.