Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Slash recorda como foi ‘morrer’ durante 8 minutos num corredor de hotel

O guitarrista dos Guns N’ Roses descreve intensamente o que sentiu quando acordou da overdose que sofreu no início dos anos 90

Slash deu uma entrevista à BBC Radio 5, na qual abordou o seu passado enquanto consumidor de drogas duras e a sobredose que sofreu no início dos anos 90, quando os Guns N' Roses estavam no auge da sua popularidade.

O músico esteve tecnicamente morto ao longo de oito minutos, no corredor de um hotel, após misturar cocaína e heroína, o que lhe provocou uma paragem cardíaca.

"Tenho muita sorte por ter ultrapassado tudo isso, e por ter mantido intactas a minha paixão pela música e a minha saúde física", afirmou.

"Podia ter corrido de outra maneira. Alguma vez viram o 'Casino', com a Sharon Stone? Há uma parte em que ela está no hotel, a caminhar pelo corredor, começa a cair e morre. Isso aconteceu comigo".

"Lembro-me de tudo até esse momento", continuou. "Depois, só me lembro de acordar ao pé dos paramédicos, ainda no hotel".

Slash revelou, ainda, estar sóbrio há 13 anos, o que "não foi fácil". "Primeiro, tens de te mentalizar que estás completamente lixado: os teus vícios chegaram ao ponto de não te divertires, de não te deixarem funcional, e tudo o mais".

"E tens de ter essa perceção, o que é difícil. Assim que a tenhas, tens de te lembrar disso para que possas começar [o tratamento]. Tentar ter uma existência diferente, o que dá muito trabalho".

"Não teria feito nada do que fiz nos últimos 13 anos se tivesse continuado como era. Provavelmente nem sequer cá estaria", rematou.