Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Bolsonaro culpa Leonardo DiCaprio pelos fogos na Amazónia. Ator já reagiu

DiCaprio emitiu comunicado a responder ao presidente brasileiro

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, afirmou esta semana que o culpado pelos incêndios florestais na Amazónia é o ator Leonardo DiCaprio.

Falando aos seus apoiantes, em Brasília, Bolsonaro afirmou que o ator "é um cara legal" que está "dando dinheiro para tacar fogo na Amazónia", segundo o jornal O Globo.

Bolsonaro acusou ainda várias organizações ambientais de fogo posto e terrorismo. O presidente acredita - sem quaisquer indícios - que estes grupos estão deliberadamente a incendiar as matas da Amazónia, de forma a obter financiamento.

O presidente destacou, em particular, um grupo de quatro bombeiros da região de Alter do Chão, no estado do Pará, que foram presos pela Polícia Municipal e acusados de atear fogos.

O Ministério Público, no entanto, não encontrou nenhuma prova dos crimes de que foram acusados, e a sua detenção gerou muitas críticas.

Leonardo DiCaprio já reagiu às declarações do presidente, afirmando não ter doado qualquer soma ao grupo a que pertencem estes bombeiros, mas mostrando o seu apoio ao mesmo.

"Continuo comprometido em apoiar as comunidades indígenas brasileiras, governos locais, cientistas, educadores e o público em geral, que estão a trabalhar de forma incansável para garantir que a Amazónia faça parte do futuro dos brasileiros", escreveu.