Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Flea e Anthony Kiedis em 1986

Getty Images

Os desentendimentos nos Red Hot Chili Peppers. "Anthony Kiedis tenta ser o macho alfa", diz Flea

Revelações do baixista, que tem uma autobiografia acabada de sair

O baixista dos Red Hot Chili Peppers, Flea, revelou em entrevista ao Guardian que a relação entre si e o vocalista Anthony Kiedis nem sempre foi a melhor.

A entrevista teve como pretexto o lançamento da sua nova biografia, "Acid for the Children", na qual o baixista descreve Kiedis como "um elo perdido".

"Entre os meus amigos, eu fui sempre o tipo que tentava chocar as pessoas. E ele igualava-me, passo a passo", escreveu. "Fizemos todo o tipo de loucuras".

Flea refere-se ainda ao companheiro de banda como "controlador", no livro, tendo-se negado a prestar muitos mais detalhes acerca das suas palavras na entrevista - levantando o véu apenas de forma ligeira.

"Ele não aceita que eu sou diferente, e que as coisas que me entusiasmam podem não o entusiasmar a ele. Tenta ser o macho alfa", disse.

O abuso de drogas por parte de Kiedis também contribuiu para o deteriorar da relação, ao longo dos anos. "É doloroso, assustador e triste. A lógica de um viciado é vazia, dissimulada e desorientada".