Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Nick Cave

Nick Cave: “Sinto-me desconfortável com todas as ideologias que se posicionam como 'a verdade' ou 'o caminho'”

As palavras do músico sobre a cultura "woke", Antifas e extrema-direita

Nick Cave voltou a responder aos fãs através do website Red Hand Files. O músico australiano, que com os Bad Seeds acaba de editar "Ghosteen", foi questionado acerca das suas posições políticas.

Começando por dizer que escreve porque "isso me dá a liberdade de partir deste mundo para um mundo estranho e desconhecido", Cave revelou sentir-se "desconfortável com todas as ideologias que se posicionam como 'a verdade' ou 'o caminho'".

"Isto inclui a maioria das religiões, mas também o ateísmo, a política bi-partidária ou qualquer sistema de pensamento, incluindo a cultura 'woke', que se energiza através de crenças presunçosas e da supressão de pensamentos contrários".

Mantendo-se no tópico da cultura "woke", Cave afirmou ainda que "apesar das suas intenções virtuosas, são a sua falta de humildade e as suas reivindicações paternalistas e doutrinárias que me repelem".

E deu exemplos: "Os Antifas e a extrema-direita fazem parte de um casamento estranhamente erótico, violento e que se auto-sustenta pelas suas convicções cegas nas suas próprias crenças".

"Isto não quer dizer que não devamos ter as nossas convicções, ou que não devamos estar zangados com o estado do mundo, ou que não devamos lutar para corrigir as suas injustiças. As convicções e a raiva podem ser as mais poderosas expressões de amor universal", rematou.