Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Chico Buarque: “A não assinatura do Bolsonaro no diploma é para mim um segundo Prémio Camões”

Bolsonaro recusa-se a assinar o diploma que galardoa do músico brasileiro com o maior prémio literário em língua portuguesa. Chico Buarque agradece

Reagindo à recusa do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em assinar o diploma que o galardoa com o Prémio Camões - o maior prémio literário da língua portuguesa -, Chico Buarque afirmou esta quarta-feira: "a não assinatura do Bolsonaro no diploma é para mim um segundo Prêmio Camões”.

Um dia antes, Bolsonaro afirmara que tem até dezembro de 2026 para assinar o diploma recebido pelo músico Chico Buarque, reforçando que não o fará de momento. A data referida é a do final de um hipotético segundo mandato presidencial.

A cerimónia de entrega do Prémio Camões terá lugar em abril de 2020 e acontecerá em Portugal.