Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Sinéad O'Connor

Getty Images

Sinéad O'Connor volta a falar sobre Prince: “Tentou espancar-me e partiu as costelas a uma rapariga da banda dele”

Cantora irlandesa detalhou momentos de tensão com o músico que escreveu o seu maior êxito

Sinéad O'Connor já tinha deixado no ar que Prince lhe tinha tentado bater, no início dos anos 90, aquando do sucesso que teve com 'Nothing Compares 2 U', canção escrita pelo músico norte-americano, mas detalhou agora a situação que diz ter vivido em casa dele. "Tentou espancar-me", disse a cantora irlandesa em entrevista ao programa "Good Morning Britain", "foi uma experiência assustadora. Uma certa noite, convocou-me para ir a casa dele e eu estupidamente fui sozinha. Ele não se sentia confortável por eu não ser uma das suas protegidas e mesmo assim tenha gravado a canção".

"Queria fazer de mim uma protegida e mandou-me deixar de dizer asneiras nas minhas entrevistas", continua O'Connor, "mandei-o a um certo sítio e ele atacou-me. Subiu as escadas e foi buscar uma almofada que tinha algo duro. Corri para fora de casa e escondi-me por trás de uma árvore. Ele encontrou-me na auto-estrada de Malibu às cinco da manhã - eu cuspi-lhe, ele tentou esmurrar-me. Tive de ir bater à porta de alguém, coisa que o meu pai me aconselhou a fazer se algum dia me visse numa situação daquelas".

A cantora acrescenta ainda que o músico, que morreu em abril de 2016, tomava "drogas muito negras" na época: "eu não fui a única que ele atacou. Uma das raparigas da banda dele estava no hospital com costelas partidas, naquela altura".