Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Spotify planeia aumentar preços de serviços pagos

Uma má notícia para os utilizadores, uma boa notícia para a indústria

O Spotify está a planear aumentar os preços das suas subscrições, de acordo com a Bloomberg.

Em causa estarão novos contratos de licenciamento com as grandes editoras, o que levará o Spotify a procurar manter-se financeiramente estável, recorrendo aos utilizadores.

Os primeiros testes destes novos planos serão feitos em países como a Suécia, onde o "plano familiar" oferecido pela plataforma poderá aumentar cerca de 13%, de 13 para 15 euros.

Dado que o Spotify é uma empresa sueca, os países escandinavos são uma escolha natural para estes testes, e foi lá que a plataforma começou por testar serviços de subscrição pagos.

A indústria musical deverá encarar esta subida como uma boa notícia, visto que, dos 232 milhões de utilizadores do Spotify, 108 milhões têm planos pagos.

Apesar disso, e feitas todas as contas, o Spotify lucra apenas 4,87 euros com cada utilizador, devido à sua oferta de períodos de teste, descontos para estudantes e outras promoções.