Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

As confissões de Dave Grohl sobre os Nirvana. “Nada mudou a minha vida como ‘Smells Like Teen Spirit’”

"Nós protegíamos muito a nossa música"

Dave Grohl voltou a lembrar os Nirvana, numa nova entrevista com o jornal The Guardian.

O músico falou dos seus primeiros dias em digressão com a banda, e da inevitável 'Smells Like Teen Spirit', o maior êxito do trio.

"Os Nirvana andavam a tocar para 600 pessoas. Sentia-me como se estivesse na maior banda do mundo", afirmou, sobre os seus primeiros tempos com o grupo.

Tudo se transformou, claro, com 'Smells Like Teen Spirit'. "Nada mudou a minha vida" como essa canção, garantiu. "O Kurt [Cobain] sabia escrever canções com muita simplicidade e profundidade".

"Nós protegíamos muito a nossa música", continuou. "Não pegávamos em instrumentos e começávamos a tocar só porque sim. Não dávamos concertos que não significassem nada para nós. Sempre que tocávamos havia sangue e suor".

"Ouvir essa canção na rádio era uma coisa, mas ficar à nossa frente enquanto a tocávamos? Incrível. Era mais que som".