Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Andrew Matthews - PA Images

A casa onde George Michael morreu foi vendida

A família do cantor pede que os fãs respeitem a privacidade dos novos donos

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

A família de George Michael vendeu a casa onde o cantor vivia, em Oxfordshire.

A propriedade foi comprada no passado mês de julho, por cerca de três milhões e 600 mil euros, e os novos donos, que são naturais daquela região, já se terão mudado para a casa.

Na sequência da venda, a família dos cantor solicitou que os fãs de George Michael respeitem a privacidade dos novos proprietários da casa onde o britânico foi encontrado sem vida, no dia de Natal de 2016.

Em 2018, o pai de George Michael, as suas irmãs e o seu amigo, David Austin, já haviam pedido aos admiradores do cantor que respeitassem o direito dos habitantes daquela rua a um quotidiano sossegado; desde a morte do músico que muitos fãs visitavam o local e ali deixavam flores e outras oferendas.