Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Ornatos Violeta no MEO Marés Vivas

Facebook MEO Marés Vivas

Ornatos Violeta triunfais no MEO Marés Vivas: três encores, uma versão e o amigo Carlão. Alinhamento e vídeos do concerto de Gaia

A banda do Porto deu perto de casa o segundo concerto da reunião de 2019. E tocou, precisamente, 'Casa' - a canção dos Da Weasel com Manel Cruz - numa noite longa com outras surpresas

Os Ornatos Violeta deram este sábado no MEO Marés Vivas, em Gaia, o segundo concerto do regresso aos palcos de 2019. Nova dias depois de se apresentar no NOS Alive, a banda de Manel Cruz teve honras de cabeça de cartaz na Antiga Seca do Bacalhau, tendo dado um concerto mais longo do que em Algés.

Além dos temas que constam de "O Monstro Precisa de Amigos", álbum revisitado pela banda a pretexto do 20º aniversário do mesmo, o grupo do Porto voltou a "Cão!", o seu disco de estreia (de 1997), tendo servido também outras surpresas ao público que enchia o recinto à beira-Douro.

Foi, precisamente, com uma canção do primeiro álbum que os Ornatos deram início ao espetáculo, às 00h00: 'Um Crime à Minha Porta'. Mais adiante, no final de 'Ouvi Dizer', a primeira surpresa: Carlão, voz dos também regressados Da Weasel (foi a grande notícia do último dia do NOS Alive, no passado fim de semana), fez de Victor Espadinha no final poético.

E ficou para um momento especial, a interpretação de 'Casa (Vem Fazer de Conta)', tema que os Da Weasel gravaram com Manel Cruz no álbum "Re-Definições", há 15 anos. Carlão voltou a ser Pacman.

Com um alinhamento que passou pelas indispensáveis 'Chaga', 'O.M.E.M.' e 'Dia Mau' (todas de "O Monstro..."), os Ornatos Violeta voltariam novamente a "Cão!" em 'A Dama Do Sinal', antes da primeira despedida, com 'Capitão Romance'.

O primeiro encore terminaria, como em Algés, com 'Fim da Canção' (o derradeiro tema do disco aniversariante), não sem antes o grupo ter tocado 'Devagar', canção da altura de "O Monstro..." mas que dele não faria parte, e 'Gone Daddy Gone', dos ídolos Violent Femmes.

De volta ao palco, num segundo encore, tempo houve para outra raridade, 'Como Afundar', e 'Raquel' (de "Cão!", um disco nada ausente nesta noite). Em novo regresso (três encores, portanto), o final deu-se com 'Dias de Fé', canção estreada ao vivo nos concertos de 2012.

Alinhamento

Um Crime À Minha Porta
Tanque
Para de Olhar Para Mim
Para Nunca Mais Mentir
Há-de Encarnar
Ouvi Dizer (com Carlão)
Casa (Vem Fazer De Conta) (versão de Da Weasel, com Carlão)
Chaga
Notícias do Fundo
Nuvem
Deixa Morrer
O.M.E.M.
Dia Mau
Pára-me Agora
Coisas
A Dama Do Sinal
Capitão Romance

Encore
Devagar
Gone Daddy Gone (versão de Violent Femmes)
Fim da Canção

Encore 2
Como Afundar
Raquel

Encore 3
Dias de Fé