Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Por que razão Jim Irsay pagou 4 milhões de dólares pela guitarra Strat preta de David Gilmour

Uma das mais emblemáticas guitarras do ex-Pink Floyd foi adquirida por uma fortuna. Quem é o milionário comprador?

Foi de David Gilmour a guitarra mais cara alguma vez vendida em leilão, uma Fender Stratocaster preta, que o músico britânico utilizou na composição de vários temas clássicos dos Pink Floyd, como 'Comfortably Numb' ou 'Money'.

A guitarra foi vendida por mais de 3,5 milhões de euros a Jim Irsay, multimilionário norte-americano e dono da equipa de futebol americano Indianapolis Colts.

Irsay assume-se como "superfã" dos Pink Floyd, chegando ao ponto de deixar mensagens no seu atendedor de chamadas alusivas a "The Wall", e tendo visto a banda em Chicago, em 1977, correndo para alcançar as filas da frente.

No leilão recente, Jim Irsay foi responsável por 25% do total dos lucros obtidos (cerca de 19 milhões de euros), que foram posteriormente doados a instituições de caridade.

O multimilionário comprou, para além da Fender em questão, a caixa onde a mesma foi transportada durante anos, e ainda uma Martin D-35 que Gilmour usou em 'Wish You Were Here'.

"Adoro os Pink Floyd. Não consigo negá-lo", disse, à revista Rolling Stone. "As letras do Roger Waters e a forma de tocar do David Gilmour são tão profundas que não tenho palavras para descrever o meu entusiasmo por isto".

Para além destas guitarras, Irsay é também dono de instrumentos outrora pertença de nomes icónicos do rock como Elvis Presley, Prince ou John Lennon. O multimilionário já disse que não a iria deixar a acumular pó - "vou de certeza arrancar-lhe algumas notas" -, e anunciou a sua vontade de a exibir num museu, lado a lado com outros artefactos do mundo do rock.