Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Eddie Vedder ao vivo no Arizona, em março de 2019

Getty Images

Quase 30 canções, Pearl Jam com fartura e muitas versões: tudo sobre o concerto de Eddie Vedder em Portugal

O que, quase de certeza, vamos ver e ouvir na Altice Arena esta quinta-feira num dos concertos mais esperados do ano - e esgotado há muito

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Eddie Vedder dá na próxima quinta-feira, 20 de junho, um concerto (há muito esgotado) na Altice Arena, em Lisboa.

Esta será a terceira vez que o homem dos Pearl Jam se apresenta sem a sua banda de sempre no nosso país, depois de concertos no Sudoeste, em 2012, e no Super Bock em Stock, em 2014.

O espetáculo de quinta-feira integra-se na digressão europeia de Eddie Vedder, que começou a 9 de junho, em Amesterdão, na Holanda.

Nessa noite, o norte-americano foi acompanhado, em palco e nalgumas canções, por alguns convidados, como Glen Hansard, que fez a primeira parte (e abrirá o concerto, também, em Lisboa), Jake Clemons, da E Street Band e pelo Red Limo String Quartet.

Do alinhamento constaram várias canções dos Pearl Jam, mas também temas dos álbuns a solo de Eddie Vedder e versões de Neil Young, Pink Floyd, Tom Petty ou Bruce Springsteen (com a participação de Jake Clemons no saxofone).

No primeiro encore deste concerto, Eddie Vedder tocou dez canções.

No segundo concerto em Amesterdão, no dia seguinte, Eddie Vedder abriu a noite com versões de Cat Stevens e Beatles, cantando também, ao longo da noite, temas de Cat Power, Tom Waits ou, já no encore, 'Enter Sandman', dos Metallica (que tocavam em Amesterdão no dia seguinte). Os concertos holandeses foram notícia também por um facto curioso: a reboque dos mesmos, Eddie Vedder reencontrou uma mulher com quem conversou até às 3 da manhã na Holanda, depois de um concerto dos Pearl Jam, em 1992.

A 12 de junho, na Bélgica, houve 'The Ship Song', de Nick Cave, e 'Should I Stay or Should I Go', dos Clash, tema também interpretado em Itália, a 15 de junho. Esta segunda-feira, também em Itália, Eddie Vedder lembrou George Harrison com 'Isn't It a Pity' e, como vem sendo hábito, incluiu 'Sleepless Night', dos Everly Brothers (que gravou no álbum "Ukulele Songs", em 2011), e 'Song of Good Hope', do amigo Glen Hansard, no encore de um concerto que teve lugar em Barolo, comuna da região do Piemonte famosa pelo seu vinho, um dos mais reputados do mundo e o favorito do homem dos Pearl Jam (de resto, bebeu-o no NOS Alive, no ano passado, durante o concerto da sua banda).

Veja aqui alguns vídeos destes concertos a solo de Eddie Vedder.

Em Barolo, no concerto que antecede a vinda a Lisboa, foram doze as canções dos Pearl Jam que Vedder interpretou, entre as quais 'Just Breathe', 'Better Man' e 'Black'. De lavra própria a solo, apenas duas: 'Far Behind' e 'Guaranteed', integradas na banda-sonora de "Into The Wild", de 2007, que tem presença maior no alinhamento graças às versões que dele fazem parte.

Este foi o alinhamento do concerto mais recente de Eddie Vedder, em Itália, a 17 de junho:

Keep Me in Your Heart (Warren Zevon)
Don't Be Shy (Cat Stevens)
You've Got to Hide Your Love Away (The Beatles)
Elderly Woman Behind the Counter in a Small Town (Pearl Jam)
I Am Mine (Pearl Jam)
Brain Damage (Pink Floyd)
Sometimes (Pearl Jam)
Good Woman (Cat Power)
Wishlist (Pearl Jam)
Indifference (Pearl Jam)
Far Behind
Long Road (Pearl Jam)
Guaranteed
Can't Keep (Pearl Jam)
Just Breathe (Pearl Jam)
Better Man (Pearl Jam)
Last Kiss (Wayne Cochran)
Porch (Pearl Jam)

Encore:
Isn't It a Pity (George Harrison)
Unthought Known (Pearl Jam)
I Won't Back Down (Tom Petty)
Black (Pearl Jam)
Sleepless Nights (The Everly Brothers)
Song of Good Hope (Glen Hansard)
Falling Slowly (The Swell Season)
Society (Jerry Hannan)
Should I Stay or Should I Go (The Clash)
Hard Sun (Indio)
Rockin' in the Free World (Neil Young)

Eddie Vedder chega à Altice Arena, em Lisboa, na próxima quinta-feira, 20 de junho (feriado de Corpo de Deus).

A primeira parte, a cargo de Glen Hansard, começa às 20h30.

Recorde aqui os concertos a solo de Eddie Vedder no Sudoeste e no Super Bock Super Rock, no Meco.