Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

Woodstock 50: a 'maldição' continua

Mais um revés para a edição de 50º aniversário do mítico festival

O festival Woodstock 50, que pretende celebrar o 50º aniversário do mítico festival de Woodstock, enfrenta um novo problema. O evento, que deveria ter lugar no autódromo Watkins Glen International, no estado de Nova Iorque, de 16 a 18 de agosto, acaba de perder a sua 'casa'.

Em comunicado, o autódromo diz que a licença concedida ao festival Woodstock 50 para que este ali se realizasse foi retirada, "de acordo com cláusulas contratuais". A CID Entertainment, que estava encarregue das questões logísticas e de acolhimento dos festivaleiros, confirmou esta notícia, acrescentando que já não se encontra a trabalhar no Woodstock 50.

Um porta-voz do festival afirmou que a organização está a procurar um novo local que possa acolher o festival. Essa informação deverá ser revelada pouco antes de os bilhetes serem colocados à venda, nas próximas semanas.

Este não é o primeiro revés sofrido pelo Woodstock 50; em abril, foi anunciado o seu cancelamento após a saída de um dos seus patrocinadores. Do cartaz do evento constam nomes como Jay-Z, Killers, Miley Cyrus, Chance The Rapper, The Raconteurs, Halsey e Janelle Monáe, e também artistas que fizeram parte do elenco da primeira edição, como Santana e David Crosby.

O festival Woodstock, considerado um marco da contracultura dos anos 60, teve lugar originalmente de 15 a 18 de agosto de 1969.