Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

O momento em que a vida de Michael Hutchence ficou verdadeiramente negra

Irá estrear em breve um novo documentário acerca da vida e obra de Michael Hutchence, vocalista dos INXS, falecido em 1997 aos 37 anos.

O filme, intitulado "Mystify", irá documentar vários momentos da carreira do músico, incluindo um incidente em 1992, em que Hutchence foi agredido por um taxista durante umas férias com Helena Christensen, caindo ao chão e batendo com a cabeça, perdendo a consciência.

Este incidente e resultante trauma terá acelerado a depressão do músico australiano, e tê-lo-á feito perder a sensação de olfato - o que terá contribuído para o seu suicídio, anos mais tarde.

"Mystify" mostra ainda imagens conhecidas e inéditas do cantor, tendo o primeiro trailer sido divulgado esta semana. “Sabem aquela pessoa que tem uma luz especial? Ele tinha tudo. E toda a gente queria um bocado dele”, pode ouvir-se.

Realizado por Richard Lowenstein, autor dos vídeos de 'Need You Tonight' ou 'Never Tear Us Apart', “Mystify” é apresentado como “uma viagem ao coração e à alma de Michael Hutchence, um homem complexo e tímido que passou boa parte da sua vida na esfera pública, revelando o seu verdadeiro 'eu' apenas aos seus amigos muito próximos”.

Kylie Minogue, Helena Christensen e Bono são algumas das estrelas cujos testemunhos se podem escutar no filme. "Lembro-me de perguntar ao Michael qual era a sua definição de rock n' roll. E ele disse, 'libertação'", comenta o vocalista dos U2.

Veja aqui o trailer: