Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Anna Calvi

Anna Calvi: “Quando vejo ‘Bohemian Rhapsody’ percebo que ainda estamos longe de qualquer tipo de igualdade”

“Duas horas sobre ele e uma mulher qualquer”

A artista britânica Anna Calvi deixou duras críticas ao filme "Bohemian Rhapsody" e à representação de pessoas LGBTQ no cinema, em entrevista ao NME.

A autora de "Hunter", álbum editado em 2018, acusa os produtores do filme de terem "heteroficado" Freddie Mercury, relegando a sua identidade enquanto bissexual para segundo plano e focando-se sobretudo na relação do músico com Mary Austin.

"O foco em 'Bohemian Rhapsody' é a relação [de Freddie] com uma mulher, o que é ridículo", comentou. "Acho que é óbvio que a sua queerness criou a sua música, e no entanto temos uma história de duas horas sobre ele e uma mulher qualquer".

"Isso enfurece-me. Parece que ainda temos de garantir que as pessoas heterossexuais se sintam seguras. Do género, 'é melhor não inserir muitas cenas com sexo homossexual porque os heterossexuais se sentirão desconfortáveis, e queremos vender-lhes este filme o máximo que conseguirmos".

"Quando vejo algo assim, percebo que ainda estamos longe de qualquer tipo de igualdade", rematou.

Recorde-se que Anna Calvi regressa a Portugal este verão, atuando no primeiro dia do festival EDP Vilar de Mouros, a 22 de agosto.