Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Madonna vai levar 135 pessoas a Israel mas contrato ainda não está assinado

Rainha da pop é esperada quarta-feira em Telavive, mas ainda há dúvidas quanto à sua atuação

Madonna deverá chegar esta quarta-feira a Telavive, Israel, onde este ano se realiza o festival da Eurovisão.

A cantora irá fazer-se acompanhar por uma equipa de 135 pessoas, mas uma atuação na grande final do concurso, que decorrerá no sábado, não é ainda certa.

O produtor executivo da Eurovisão, Jon Ola Sand, afirmou esta segunda-feira que não foi ainda assinado qualquer contrato entre Madonna e a União Europeia de Radiodifusão (UER), pelo que a sua prestação poderá estar em risco.

Em causa estarão certas imposições da UER, que exige que todos os seus membros tenham direitos de utilização sobre todo e qualquer material apresentado.

"Se não houver um contrato assinado, ela não poderá atuar naquele palco. Estamos a negociar", afirmou Sand.

A equipa de Madonna inclui o rapper KoVu, um coro de 40 pessoas, 25 bailarinos e vários coreógrafos, técnicos de palco, luz e vídeo.