Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Britney Spears

Getty Images

Britney Spears foi a tribunal acusar o pai de a obrigar a internar-se numa clínica psiquiátrica e a tomar drogas

Spears juntou-se ao movimento “Libertem Britney” e quer impedir o pai de tomar decisões por ela

Britney Spears disse, em tribunal, que o pai, Jamie Spears, a obrigou a internar-se numa clínica psiquiátrica há um mês e meio e a obrigou a tomar medicação. Segundo o site TMZ, com base em fontes próximas do caso, a artista falou com um juiz na sexta-feira, depois de se juntar ao movimento "Libertem Britney" nas redes sociais, e pediu para que o progenitor deixe de ser o seu tutor legal e pare de tomar decisões por ela. O advogado da mãe de Spears, Lynne Spears, reforçou as alegações.

A artista quer maior liberdade e pediu alguns ajustes à tutoria, tendo como objetivo final terminar com a situação que se arrasta há 11 anos, mas não terá conseguido levar a sua avante. O juiz não fez qualquer alteração, contudo pediu a um especialista que avalie o estado de saúde de Spears para decidir se fará qualquer alteração.

Recorde-se que a cantora norte-americana passou um mês numa instituição de saúde mental em Los Angeles, depois de ter deixado de tomar a medicação que a mantinha estável psicologicamente. Os médicos continuam a tentar encontrar a combinação de drogas certa para o problema de Spears. Apesar de dizer que o pai a obrigou, Jamie não terá o poder legal de a internar contra a sua vontade e a instituição que a receba nessa situação estaria a incorrer num crime.