Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Michael Jackson com Mariah Carey (à esquerda do artista) ao vivo em 2001

Getty Images

Mariah Carey também ‘cancela’ Michael Jackson

Menos uma canção no repertório da artista

Mariah Carey retirou do alinhamento dos seus concertos 'I'll Be There', canção dos Jackson 5 que vinha interpretando ao vivo há quase 30 anos.

A decisão da cantora surge na sequência do documentário "Leaving Neverland", que explora as acusações de abuso sexual de menores de que Michael Jackson foi acusado.

A nova digressão mundial da cantora, em torno de "Caution", álbum de 2018, teve início em fevereiro e, em meados de março, 'I'll Be There' deixou de fazer parte do seu repertório.

Mariah Carey não é a primeira artista a deixar de interpretar ao vivo os temas de Michael Jackson; Drake já o havia feito, retirando 'Don't Matter To Me' - uma colaboração póstuma com o "Rei da Pop" - dos seus alinhamentos, e esta semana Quincy Jones renomeou um concerto seu em Londres para apagar quaisquer referências ao músico.